Cobertura Mediática Covid-19 | 17 abril 2020


COBERTURA MEDIÁTICA | Covid19

17.04.2020

COVID-19

Covid-19: Parlamento aprovou renovação do estado de emergência até 2 de maio
A Assembleia da República aprovou hoje o decreto do Presidente da República que renova o estado de emergência até ao final do dia 2 de maio, para permitir medidas de contenção da covid-19.
Ver notícia aqui.
Reabrir creches, trabalhar à vez, evitar horas de ponta nos transportes públicos. Costa já começou a revelar o esboço do que será o regresso à rua
Massificar máscaras e gel nos próximos 15 dias para ir libertando as pessoas do confinamento em Maio. O Governo já tem um esboço de como quer “reanimar a economia, sem deixar descontrolar a pandemia”.
Ver notícia aqui.
Centeno diz que resposta orçamental é “robusta”, mas não se pode gastar já tudo
Ministro confirma que orçamento suplementar pode ser preciso e alerta que a necessidade de acção do Estado “não se vai esgotar nas próximas semanas”.
Ver notícia aqui.
Mais de 172 mil trabalhadores com apoio para ficar em casa com filhos
Mais de 172 mil trabalhadores pediram o apoio à a Segurança Social que se destina a quem fica em casa com os filhos menores de 12 anos, devido ao fecho das escolas.
Ver notícia aqui.
Covid-19: Portugal com 657 mortes e 19.022 casos confirmados
Os dados divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS) indicam a existência de 19.022 casos confirmados e 657 mortes. O número de casos recuperados em Portugal aumentou para 519.
Ver notícia aqui.
Suspensão de voos de e para fora da União Europeia prolongada até 17 de maio
Os voos com destino e a partir de Portugal para países fora da União Europeia vão continuar suspensos até 17 de maio, mas com algumas exceções, segundo um despacho do Governo publicado esta sexta-feira em Diário da República.
Ver notícia aqui.
Próximo ano letivo será de “recuperação”. Ministro da Educação rejeita passagens administrativas como em Itália ou Espanha
Aulas via televisão, acompanhamento de professores e dos pais em casa. O 3º período será exigente, mas com de “estratégia de recuperação” para o próximo ano. Ministro afasta passagens administrativas.
Ver notícia aqui.
Precários reclamam solução para os recibos verdes excluídos do apoio
Associação de Combate à Precariedade lança petição dirigida ao Governo. Há quem esteja a ficar sem rendimentos, alerta.
Ver notícia aqui.

Saúde

Portugal já é um dos países que mais testes de diagnóstico faz no mundo. Cada um custa 87,95 euros ao SNS
Laboratórios privados já estão a fazer outro tipo de testes, os de imunidade, que servem para detectar a presença de anticorpos em indivíduos que possam ter estado infectados sem ter tido sintomas ou que não tenham efectuado o exame de diagnóstico.
Ver notícia aqui.
Covid-19: Hospital de Ovar é o primeiro do Serviço Nacional de Saúde a iniciar teleconsultas
O Hospital Francisco Zagalo, em Ovar, anunciou hoje que já está a realizar teleconsultas, sendo a primeira unidade do Serviço Nacional de Saúde (SNS) a utilizar esta nova plataforma de atendimento à distância via internet.
Ver notícia aqui.
Chegam no início da semana 65 dos 508 ventiladores pagos à cabeça pelo Governo
Mudança de regras a meio dos processos de encomenda e transporte por parte da autoridades chinesas e concorrência brutal entre países para comprar ventiladores tem atrasado a entrega das encomendas portuguesas.
Ver notícia aqui.
Governo limita lucros na venda de álcool, gel e equipamentos de proteção
Depois das notícias que vieram a público denunciar os preços especulativos que estavam a ser praticados na vendas destes artigos, o Governo decidiu impor um limite nos lucros durante o Estado de Emergência. Na quinta-feira, o Executivo já tinha anunciado um teto máximo para os preços das garrafas de gás durante este mês.
Ver notícia aqui.
Hospitais terão 5 mil testes rápidos que permitem resultados em 45 minutos ou uma hora
Nas últimas 24 horas registaram-se apenas 181 novos casos positivos. Quando o Marcelo já fala em “luz ao final do túnel”, DGS é cautelosa: “Vamos olhar com a cautela com que temos sempre olhado”.
Ver notícia aqui.

Internacional

UE expressa “forte apoio” à OMS e vai tentar mobilizar mais recursos
A União Europeia comprometeu-se a mobilizar mais recursos para a Organização Mundial da Saúde, demonstrando o seu “forte apoio” à agência, após os EUA suspenderem o financiamento.
Ver notícia aqui.


ATREVIA Portugal

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  Acepto la política de privacidad

WordPress Video Lightbox Plugin

Send this to friend