Cobertura Mediática Covid-19 | 1 abril 2020


COBERTURA MEDIÁTICA | Covid19

01.04.2020

COVID-19

O que os especialistas contaram na reunião com políticos e parceiros sociais. DGS admitiu 9.500 infetados
Mais “optimistas”, mas cautelosos. Peritos admitem mais 3 mil infetados por diagnosticar. Pico até já pode ter sido. Lares vão ter mais regras. Rio assistiu por Skype. Tudo sobre a reunião de peritos.
Ver notícia aqui.
Médicos dizem que sistema que regista casos de Covid-19 tem muitas falhas. “É um pesadelo burocrático.”
DGS vai fazer a distribuição geográfica de casos apenas com base no sistema de doenças infecciosas. Médicos falam em falhas e “pesadelo burocrático”. No S. João desistiram de registar casos suspeitos.
Ver notícia aqui.
Ovar com 277 infetados e 13 mortos, diz autarca
A Covid-19 já provocou 277 infetados e 13 mortes entre os 55.400 habitantes do município de Ovar, confirmou o presidente da câmara, que considera que estes são “resultados animadores”.
Ver notícia aqui.
Covid-19. Governo garante que apoio ao recibos verdes será pago em abril
Apoio extraordinário aos trabalhadores independentes por quebra de atividade é de, no máximo, 438,81 euros.
Ver notícia aqui
Covid-19. Portugal com 187 mortes e 8.251 casos confirmados
Os dados divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS) indicam a existência de 8.251 casos confirmados e 187 mortes. O número de casos recuperados em Portugal continua fixado em 43.
Ver notícia aqui.
Desempregados reforçam linhas de combate à covid-19
Governo quer desempregados ou trabalhadores a tempo parcial a reforçar instituições sociais. Bolsas podem ser acumuladas com subsídio de desemprego e vencimento e contratos têm duração de três meses.
Ver notícia aqui.
SNS24 está a atender mais de 18 mil chamadas por dia
O Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, afirmou esta quarta-feira que a linha SNS24 está a atender mais de 18 mil chamadas por dia, sendo que, antes da pandemia, dava resposta a cinco mil chamadas.
Ver notícia aqui.
Governo vai “apertar um bocadinho” restrições no decreto do estado de emergência
O primeiro-ministro confirmou que terão de ser feitas algumas clarificações no decreto-lei que dará corpo à nova declaração de estado de emergência por mais quinze dias. A intenção é tornar claro que não é possível a circulação na Páscoa.
Ver notícia aqui.
Governo dá parecer positivo à prorrogação do Estado de Emergência até 17 de abril
Primeiro-ministro António Costa falou no final de um Conselho de Ministros extraordinário em que foi discutido o decreto presidencial que deverá ser aprovado na manhã de quinta-feira.
Ver notícia aqui.
Estado de emergência: Marcelo muda decreto e alarga possibilidades do Governo restringir movimentos
Presidente alterou o decreto do estado de emergência – “duas ou três novidades” – para alargar as possibilidades do Governo restringir mais as deslocações das pessoas. Conselho de ministros deverá dar luz verde. Costa admitiu que vão “ter que apertar um bocadinho”. Adjunto do primeiro-ministro diz que “o estado de emergência valeu a pena”
Ver notícia aqui.
Comércio e serviços com queda de vendas pedem redução das rendas
Confederação pede medidas mais abrangentes à moratório do arrendamento apresentada pelo Governo.
Ver notícia aqui.
Dezasseis dos 18 distritos do continente com planos de emergência ativos
Dezasseis dos 18 distritos de Portugal continental acionaram o seu plano de emergência até terça-feira, em paralelo com o plano da Proteção Civil. Apenas Viana do Castelo e Portalegre não o fizeram.
Ver notícia aqui.

Saúde

Covid-19: Infarmed diz que nenhum medicamento provou eficácia no tratamento e confirma ensaios com duas vacinas
Infarmed garante que ainda não há nenhum medicamento eficaz no tratamento da covid-19.
Ver notícia aqui.
Covid-19: “Há dez médicos” infectados que estão internados nos cuidados intensivos
Ordem dos Enfermeiros pede a profissionais que respondam a inquérito com urgência para perceber quantos estão infectados. “É difícil para os hospitais estarem, neste momento, a dar números reais”, justifica.
Ver notícia aqui.
INEM com menos 600 a 700 chamadas em alguns dias
Número de pessoas que se recusam a ir ao hospital depois de avaliadas pelas equipas do INEM subiu. Médica alerta para situações de doentes agudos que não podem deixar de procurar ajuda e os doentes crónicos têm de continuar a medicação.
Ver notícia aqui.
Covid-19. Há 40 técnicos de diagnóstico e terapêutica infetados, denuncia sindicato. Profissionais sentem-se esquecidos
Sindicato dos Técnicos Superiores de Saúde de Diagnóstico e Terapêutica queixa-se de desigualdade de tratamento face a médicos e enfermeiros e de falta de equipamento. Houve casos em que estes profissionais foram barrados em supermercados, no horário de atendimento prioritário.
Ver notícia aqui.
Covid-19. AEP e Ordem dos Médicos propõem hospital de campanha especial
Projeto pode ser único no país, por permitir acomodar enfermarias de pressão negativa, adequadas ao tratamento de infetados com a covid-19.
Ver notícia aqui.
Governo quer “duplicar capacidade de ventilação” para responder a curva que ainda não achatou
Número de doentes nos cuidados intensivos dispara no espaço de uma semana. Graça Freitas justifica com população envelhecida, António Lacerda Sales promete mais ventiladores
Ver notícia aqui.
Algarve tem seis mil testes para rastrear todos os lares da região
A recolha teve início nesta terça-feira e pretende “garantir que todos os idosos e funcionários dos mais de 90 lares algarvios sejam testados para a covid-19”
Ver notícia aqui.

Agroalimentar/ Restauração

Mondelez doa 50 mil produtos alimentares a sete hospitais da zona de Lisboa
A Mondelez Portugal avançou com a distribuição 40 mil produtos alimentares em sete hospitais da zona de Lisboa, numa ação que contou com a colaboração da Médicos do Mundo.
Ver notícia aqui.

Turismo

AHP pede rapidez ao governo nos pagamentos
A AHP – Associação da Hotelaria de Portugal diz estar satisfeita com as novas regras do regime de lay-off, mas pede rapidez ao Governo nos pagamentos.
Ver notícia aqui.

Internacional

Trump muda de tom e alerta para “duas semanas muito dolorosas”. Podem morrer “100 mil pessoas” nos EUA
No briefing diário, Donald Trump mudou de tom. Afinal, a Covid-19 é muito pior do que a gripe e pode matar até 100 mil pessos nos EUA. “Próximas duas semanas vão ser muito, muito dolorosas”, alertou.
Ver notícia aqui.
Bolsonaro adota tom mais moderado, mas insiste na importância de manter empregos
Bolsonaro diz preocupar-se com a saúde dos brasileiros como se preocupa com a manutenção de empregos. Citou ainda o discurso da OMS sobre o sustento financeiro, mas sem referir o papel dos governos.
Ver notícias aqui.
Covid-19. EUA registam recorde diário de mortes
Com esta forte aceleração elevou-se para 3.873 o número total de mortes desde o início da pandemia no país.
Ver notícia aqui.
Covid-19. Bruxelas estuda fundo de 100 mil milhões para travar o desemprego na Europa
Mecanismo tem como objetivo apoiar empresas que avancem para a suspensão temporária de contratos e travar despedimentos coletivos
Ver notícia aqui.
Covid-19: Rússia envia “ajuda humanitária” para os Estados Unidos
Críticos do Presidente norte-americano, Donald Trump, dizem que se trata de uma manobra de propaganda. Na semana passada, Moscovo enviou aviões para Itália, o país com mais mortes por covid-19.
Ver notícia aqui.
Covid-19: Espanha ultrapassou os 100.000 infetados e os 9.000 mortos
Espanha registou até hoje 102.136 pessoas infetadas com o coronavírus, 7.719 nas últimas 24 horas, e alcançou os 9.053 mortos, com um novo recorde de 864 no último dia, segundo a última atualização das autoridades sanitárias.
Ver notícia aqui.
Alemanha contabiliza mais de 67 mil casos diagnosticados
A Alemanha, o terceiro país com mais casos da Europa e o quinto do mundo, regista 67.366 infetados com o novo coronavirus, um crescimento de 5.453 em relação ao dia anterior.
Ver notícia aqui.
Itália prolonga período de isolamento até 13 de abril
Para o ministro da saúde, agora é essencial não baixar a guarda. Especialistas consideram que as medidas drásticas estão a ter resultados mas que seria “um erro cair em otimismo fácil”.
Ver notícia aqui.
Covid-19. França propõe Fundo Europeu para contornar oposição aos coronabonds
O ministro francês das Finanças Bruno Le Maire propôs esta quarta-feira, a criação de um Fundo específico da União Europeia para financiar a retoma económica depois da crise gerada pelo coronavírus. “Não devemos ficar obcecados com a palavra coronabonds”, disse o ministro francês em entrevista ao Financial Times.
Ver notícia aqui.
Covid-19: Pandemia já matou mais de 43 mil pessoas em todo o mundo
A pandemia de Covid-19 matou mais de 43.082 pessoas no mundo inteiro desde que a doença surgiu em dezembro na China, segundo um balanço da AFP às 11:00, a partir de dados oficiais.
Ver notícia aqui.
E depois do fim da quarentena? Itália continuará com máscaras, sem restaurantes e com distância de segurança obrigatória
Com mais pessoas na rua, mais empresas a abrir para evitar que o desemprego se torne uma tragédia maior do que o vírus e um relaxamento das regras de isolamento, o novo coronavírus pode voltar em força quando a economia estiver a sair do coma. Daí que até 18 de abril, pelo menos, Itália não mexa um músculo. Depois há coisas que podem começar a abrir, mas com muitas restrições
Ver notícia aqui.
Organização das Nações Unidas alerta para risco de escassez alimentar
A ONU, a Organização Mundial de Saúde e a Organização Mundial do Comércio afirmam é importante garantir a manutenção das trocas comerciais, “para evitar a escassez de alimentos”.
Ver notícia aqui.

 


ATREVIA Portugal

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  Acepto la política de privacidad

WordPress Video Lightbox Plugin

Send this to friend