Cobertura Mediática Covid-19 | 8 abril 2020


COBERTURA MEDIÁTICA | Covid19

08.04.2020

COVID-19

Covid-19. Regresso às escolas em maio é pouco viável, ensino à distância vai manter-se no início do 3º período
Presidente do Conselho Nacional de Educação, Maria Emília Brederode Santos, afirma que o regresso às atividades letivas presenciais não será para já, acrescentando que o recomeço em maio é uma decisão que voltará a ser discutida mais à frente.
Ver notícia aqui.
Covid-19. Apoio para ficar em casa com filhos é alargado a trabalhadores domésticos
O diploma publicado na segunda-feira à noite e que faz vários ajustamentos ao decreto-lei inicial, publicado em 13 de março, inclui “os trabalhadores do serviço doméstico” no “apoio excecional à família para trabalhadores por conta de outrem”.
Ver notícia aqui.
Covid-19: O pico em Portugal já pode ter passado. E isso não traz só boas notícias
Abril ainda terá de ser um mês de muita contenção e cautelas, mas os dados da última semana já permitem perceber que as medidas de contenção estão a ter resultados. Matemática especialista em epidemiologia, Gabriela Gomes, diz que no seu modelo o pico da infecção já passou. DGS também já o terá admitido em reunião.
Ver notícia aqui.
Líderes políticos viram o país no “planalto” com nuvens negras no horizonte
Sessão técnica com epidemiologistas deixou perceber que estamos no “planalto” da curva da covid-19, mas qualquer cenário de levantamento de restrições tem o risco aumentar a epidemia. “Se queremos ganhar a liberdade em Maio, temos de a conquistar em Abril”, disse o Presidente da República no final.
Ver notícia aqui.
Foram detidas 33 pessoas por desobediência desde a renovação do estado de emergência
A PSP e a GNR detiveram 11 pessoas e encerraram 32 estabelecimentos nos últimos sete dias. Já foram feitas 141 detenções desde o início do estado de emergência.
Ver notícia aqui.
Covid-19. Portugal com 380 mortes e 13.141 casos confirmados
Os dados divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS) indicam a existência de 13.141 casos confirmados e 380 mortes. O número de casos recuperados em Portugal aumentou para 196.
Ver notícia aqui.
OMS avisa que “progresso frágil” não permite ainda aliviar medidas de contenção
Diretor regional europeu da OMS considera que progresso contra a pandemia da covid-19 é ainda demasiado frágil para permitir alívio das medidas de restrição à movimentação de pessoas.
Ver notícia aqui.
Covid-19: Porto mantém medidas restritivas em vigor pelo menos até 17 de abril
A Câmara do Porto informou hoje que vai manter pelo menos até 17 de abril, dia em que cessa a renovação do estado de emergência, as medidas restritivas adotadas no combate à disseminação do novo coronavírus
Ver notícia aqui.
Banca diz-se sob ataque, recusa que esteja a ganhar com a crise e antecipa prejuízos
A banca portuguesa está sob ataque, recusa que consiga obter margem de lucro com os empréstimos de emergência às empresas nacionais e diz até que vai ter de voltar a carregar no dinheiro que põe de lado para evitar perdas futuras nos créditos concedidos.
Ver notícia aqui.
Autoeuropa quer recorrer ao `lay-off´ e retomar produção a 20 de abril, diz Comissão de Trabalhadores
A administração da Autoeuropa quer promover um regresso gradual ao trabalho a partir de 20 de abril, pretendendo recorrer ao `lay-off´ simplificado para os trabalhadores que não regressem ao trabalho nessa data, revelou hoje a Comissão de Trabalhadores (CT).
Ver notícia aqui.

Saúde

Covid-19: Misericórdias pedem a hospitais que deixem de devolver doentes a lares
Presidente da União das Misericórdias Portuguesas propõe definição de instalações próprias para acolher idosos que testem positivo para covid-19.
Ver notícia aqui.
Covid-19: Farmácias hospitalares devem dar preferência à entrega de medicamentos em casa
Os serviços farmacêuticos hospitalares devem dar preferência à entrega dos medicamentos em casa dos doentes, para evitar que estes tenham de se deslocar ao hospital, e podem disponibilizar maiores quantidades, durante o período do estado de emergência.
Ver notícia aqui.
Covid-19: Área Metropolitana de Lisboa começou a distribuir material de protecção
A encomenda inclui viseiras (38,2 mil), óculos (70,8 mil), luvas (829 mil), máscaras descartáveis (1,7 milhões), máscaras Ffp2 (197,8 mil) e batas (142,6 mil), entre outro material de protecção
Ver notícia aqui.
OMS descarta acusações de Donald Trump de favorecimento à China
A Organização Mundial de Saúde (OMS) descartou, esta quarta-feira, as criticas de Donald Trump sobre um alegado favorecimento pela China depois do presidente norte-americano ter ameaçado suspender as contribuições financeiras dos EUA ao orgão mundial de saúde.
Ver notícia aqui

Agroalimentar/ Restauração

Pingo Doce alarga funcionamento das lojas a mais uma hora e acaba com rotação dos colaboradores a cada 15 dias
O Pingo Doce decidiu deixar de fazer a rotação das equipas de loja a cada 15 dias. A decisão foi comunicada esta semana aos colaboradores numa carta assinada por Isabel Ferreira Pinto, diretora-geral do Pingo Doce, que acrescenta que o horário das lojas será alargado a mais uma hora a partir de 9 de abril.
Ver notícia aqui.
Dona do Pingo Doce pede desconto nas rendas das lojas por causa do vírus
Administração do Pingo Doce enviou cartas a senhorios onde tem lojas a pedir um corte nas rendas. Empresa diz que procurou “sensibilizá-los para as fortes limitações à utilização dos espaços”.
Ver notícia aqui.
Governo apela ao consumo de produtos locais, especialmente de frutas e legumes
A ministra da Agricultura diz que os hábitos de consumo estão a mudar e as pessoas compram menos produtos frescos, o que afecta os produtores locais e nacionais e apela aos portugueses para que façam compras em mercados.
Ver notícia aqui.

Turismo

Airbnb: Lisboa e Porto perderam 5,5 milhões com a pandemia em Março
A capital perdeu 29% e o Porto 15% da facturação em termos homólogos. E tudo piora em Abril: no segundo dia do mês, já era certa uma quebra de 61% e 48% nas duas cidades, face a 2019.
Ver notícia aqui.
Gastos dos portugueses em restauração e viagens aéreas afundaram 50%
As restrições impostas pela declaração do Estado de Emergência alteraram significativamente os padrões de consumo dos portugueses. Uma análise da Revolut concluiu que os serviços de entrega de refeições aumentaram, assim como as subscrições da Netflix. Em sentido contrário, os negócios da restauração, viagens aéreas e de deslocações urbanas afundaram.
Ver notícia aqui.
Setor hoteleiro estima perdas de 1,44 mil milhões de euros até junho
Associação da Hotelaria de Portugal revela que mais de 80% dos hotéis estão encerrados entre abril e maio.
Ver notícia aqui.
Quebra de 25% no turismo tira 2,9% ao PIB num ano
O INE calcula que uma redução de 25% das despesas com turismo em território nacional levaria a uma redução de 2,9% no PIB anual.
Ver notícia aqui.

Internacional

16 horas depois, Eurogrupo falhou acordo que agrade de norte a sul
Os ministros das Finanças tentaram um acordo madrugada dentro, mas não conseguiram. A discussão ficou presa pelos dois pontos que afastam Itália e Holanda: os primeiros a rejeitar qualquer condicionalidade sobre os países que pedirem acesso ao Mecanismo Europeu de Estabilidade; os segundos a recusar qualquer referência à possibilidade de emissão de dívida conjunta. Houve um progresso: Alemanha e França aproximaram posições. Mas não chegou. Nova reunião marcada para quinta-feira de manhã.
Ver notícia aqui.
Câmara baixa do parlamento italiano questiona esta quarta-feira o governo italiano
Governo vai responder sobre a pandemia. O país superou as 17 mil mortes por causa do novo coronavírus, com o registo de 604 óbitos nas últimas 24 horas, apesar de os números estarem a descer.
Ver notícia aqui.
EUA ameaçam suspender contribuição à Organização Mundial da Saúde
Depois de ter acusado a Organização Mundial da Saúde de ter favorecido demasiado a China, Donald Trump ameaçou que iria suspender contribuições. Minutos depois, afirmou que é apenas uma hipótese.
Ver notícia aqui.
Cidade de Wuhan, epicentro original da pandemia, reabre ao fim de 11 semanas fechada ao mundo
Cidade chinesa da província de Hubei, onde pandemia de Covid-19 teve origem, sai oficialmente do lockdown. Primeiros comboios para outras cidades já partiram. Mas regresso à normalidade será lento.
Ver notícia aqui.
EUA registam quase 2.000 mortes em 24 horas. Este é o pior recorde mundial diário
Os Estados Unidos registaram esta terça-feira 1.939 mortes causadas pela covid-19 em 24 horas, o pior recorde mundial diário, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins.
Ver notícia aqui.
Covid-19. Pandemia já fez quase 83 mil mortos em todo o mundo
A pandemia da covid-19 matou quase 83 mil pessoas em todo o mundo desde que a doença surgiu em dezembro e mais de 1,4 milhões estão infetados, segundo um balanço da AFP às 11:00, a partir de dados oficiais.
Ver notícia aqui.
Espanha volta a registar uma subida: 757 mortes em 24 horas por covid-19
Espanha registou, nas últimas 24 horas, 757 mortes devido ao novo coronavírus, um número diário que aumenta há dois dias consecutivos depois de quatro a descer, havendo agora um total de 14.555 óbitos, segundo as autoridades sanitárias.
Ver notícia aqui.
Alemanha regista 4.003 novos contágios nas últimas 24 horas
A Alemanha registou 4.003 novos contágios de coronavírus (covid-19) nas últimas 24 horas, elevando o número total para os 103.228 casos, e contabilizou 254 mortos num dia, alcançando as 1.861 vítimas, de acordo com as autoridades sanitárias.
Ver notícia aqui.
Eurogrupo tem mais um dia para resolver impasse sobre condicionalidade
Mantém-se o braço-de-ferro entre a Itália e a Holanda para o recurso ao Mecanismo Europeu de Estabilidade. Quanto aos outros pontos na agenda já há acordo de princípio.
Ver notícia aqui.
Covid-19: África ultrapassa 500 mortes e regista mais de 10.500 infeções
O número de mortes provocadas pela covid-19 em África ultrapassou as 500 nas últimas horas num universo de mais de 10.500 casos registados em 52 países, de acordo com a mais recente atualização dos dados da pandemia naquele continente.
Ver notícia aqui.
Presidente do Conselho Europeu de Investigação demite-se por estar “desiludido com a resposta europeia à covid-19”
Num comunicado publicado no jornal Financial Times, o também cientista refere que na origem desta demissão está a renúncia a um programa especial dirigido ao combate à covid-19 pelo conselho científico do ERC.
Ver notícia aqui.
Rússia bate recordes de infecções diárias por covid-19
Há três dias consecutivas que o número de novos casos bate recordes de crescimento. O Kremlin está sobretudo interessado em combater notícias falsas.
Ver notícia aqui.


ATREVIA Portugal

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  Acepto la política de privacidad

WordPress Video Lightbox Plugin

Send this to friend